terça-feira, 1 de junho de 2010

A Essência De Amar


São luzes apagadas e um cheiro de almíscar transcendendo cada traço da parede do quarto. Os lábios colados e uma respiração ofegante. Olhos de gato no escuro, retinas que se adaptam com a penumbra das velas . No meio disso tudo vem uma vontade da língua consumir a outra. Necessidade de ter pra si em pele: Eros!

O coração palpita depois disso, no fim, realização... Tranqüilidade na densidade de ficar ali junto, colado no escuro a luz de velas. Compartilhando a inércia do silêncio palpitando cada estado de emoção trajado nas personalidades em conjunto. O mundo não existe fora daquele olhar amortecido. E todos os momentos se tornam um, e ali brilha algo mais do que somente o atrito das peles. A troca de palavras de amor... A necessidade de conversar: Storge!

Então a conversa se desenvolve o cenário brilha na luz de velas e a música dita o que o futuro trará como lembrança de um momento. Nada se diz e tudo se cala para as que as duas bocas novamente se encontrem. No pacto das salivas misturando o gosto e o cheiro de almíscar. Tecendo, o que inspiraria poetas na contemplação de vida.

O jogo dos olhares: Ludus

A sensação divina de elevação: Agápe

E o mundo em três segundos desaparecendo numa respiração alta outra vez: Eros!

No dedo direito a veia corre levando o sangue de modo calmo, rápido e explosivo! A artéria que começa no dedo anelar esquerdo terminando no centro que bomba o sangue de modo vital. Faz refaz, pulsa e o significado se prende acariciando quase minimamente o rosto dela. Pressionando as costas dele. Os átomos explodem em sinfonia de amor: Philia!

O coração pulsa. Os dedos se juntam com as mãos entrelaçadas.

Vivendo de amor

Morrendo de amor em cada instante junto com corpo. Físico, emocional, mental e logo espiritual. Marcado na unha, expressado na lábia, batendo rápido e lento: Tum! Tum! Tum!

As definições se exaltam, acaba-se Ludus. Acaba-se Ágape, Philia e Eros. Resta-se apenas calor de estar junto com sono. Suor rápido que escorre se misturando com o lençol. Se misturando com o aroma do amor.

__________
 
Glossário:

Eros- representa a parte consciente do amor que uma pessoa sente por outra. É o amor que se liga de forma mais clara à atração física.

Storge- É o nome da divindade grega da amizade. Por isso, quem tende a ter esse estilo de amor valoriza a confiança mútua, o entrosamento e os projetos compartilhados

Ludus- O amor que é jogado como um jogo; amor brincalhão

Ágape - amor altruísta; espiritual

Philia - Em grego, significa altruísmo, generosidade. A dedicação ao outro vem sempre antes do próprio interesse. Quem pratica esse estilo de amor entrega-se totalmente à relação e não se importa em abrir mão de certas vontades para a satisfação do ser amado.

2 comentários:

Adorável disse...

... não foi feita descrição tão congruente quanto a tua.

Luiza Callafange disse...

Eu já tinha lido esse...
E julguei o escritor tremendamente inspirado! Por que será...? :)